Retour

Portal do jardim. Portugal

29 Août 2019

Os meus Jardins: Jardins d’Étretat na Normandia

Ver a paisagem que nos rodeia como uma extensão do nosso interior, este é o mote dado por Alexandre Grivko, o criador do espaço que visitámos.

O talento e a criatividade estão bem patentes nos belos jardins D’Etretat. Numa obra que não demorou nem dois anos a concretizar, tempo recorde tendo em conta a logística de todo o trabalho e que resultou nos belos jardins que pudemos visitar. Tudo foi foi possível graças uma conjugação de esforços excecional e a uma equipa pluridisciplinar de 60 pessoas sob a égide da empresa Il Nature com sede no Reino Unido.

O ponto de partida foi o Chalet Roxelane e jardins e foi anexado também um terreno adjacente que resulta agora numa área total de 16 500m².

No início do século XX a atriz francesa Madame Thebault plantou a primeira árvore (1903). O paisagista local Auguste Lecanu transformou esta encosta num jardim onde as orquídeas eram rainhas. No entanto, é graças à influência e inspiração do pintor Claude Monet, pai do impressionismo, que o ambiente foi cuidadosamente preservado até aos dias de hoje.M/p>

Amigo da artista e grande admirador de toda esta zona da Normandia, pintou inúmeras vezes as belas falésias d’ Etretat. É referenciado nas esculturas do jardim e que fazem parte integrante do mesmo.

Este jardim é propriedade privada mas está aberto ao público 10 meses ao ano. Recebe visitas um pouco de todo o mundo.

A nossa experiência

Visitámos no início de Agosto, fomos recebidas por Svetlana Diretora do Espaço e Anastasia que nos contaram a odisseia de toda a construção e tiveram a amabilidade dos nos fazer a visita guiada. Para colocação das mais de 150 000 plantas provenientes de vários pontos da Europa, foram retiradas parte das rochas e criadas bolsas para a terra e nutrientes de forma a que as plantas criassem resistência às condições de toda esta zona da Normandia que pode ser muito ventosa e claro exposta ao sal. O jardim respeita a inclinação desta encosta o que permite dar esta sensação de ondulação e de movimento e ao mesmo tempo faz com que as plantas resistam a ventos de 140 km/hora como por vezes acontece.

Com a sua cor de base em verde, as formas das sebes cuidadosamente aparadas das várias plantas selecionadas evocam as características naturais desta zona da Normandia. Os elementos marinhos nomeadamente a forma das ostras se atentarmos bem quando chegamos ao Jardim das Emoções onde estão as esculturas do espanhol Samuel Salcedo feitas de poliester, resina e pó de alumínio. Mas outros jardins dentro do jardim como o Jardim Avatar, Jardim D´Aval ou o Jardim Zen merecem o nosso olhar reconhecido por tanta beleza.

As várias sebes que aqui encontramos devidamente podadas de formas arredondadas são feitas de várias plantas incluindo o azevinho, o que se torna deveras surpreendente.

Há medida que fazemos o circuito do Jardim para onde quer que olhamos existe algo de novo. A ligação ao oceano e às falésias é incontornável.

As plantas

Algumas das plantas que estão presentes nas formas ondulantes de topiária e nos jardins.

Phyllyrea angustifolia Lentisco bastardo ou aderno

Osmanthus heterophyllus jasmim do imperador – falso azevinho Osmanto

Orchidacea cypripediem formi – As orquídeas mantêm a ligação ao jardim da antiga proprietária

Ilex aquifolium Azevinho

Enkianthus japonicus Enkianthus

Muehlenbéckia compactus Muelenbeckia

Buxux sempervirens Buxo

Ligustrum devavayanum Ligustro

Agapanthus africanus blue Agapantos

Aquando da nossa visita apenas os Agapantos azuis estavam em flor mas os tons de verde multiplicam-se variando de acordo com o tipo de planta e com a luz. Recomendamos vivamente uma visita na Primavera em que outras florações nomeadamente em branco são visíveis e o jardim se transforma em algo de novo.

Outra constatação interessante é que apesar de ser uma área pequena, com a sua inclinação de 45°, as vistas para a falésia, para o Port d’ Aval e para a vila d’Étretat são sempre diferentes, dependendo do sitio onde nos encontramos e todas igualmente interessantes. E não esquecer que as sebes estão a crescer o que vai transformar o jardim ao longo do tempo.

Artribune. L'Italie
2019-08-23
Elle Décoration. Russie
2019-09-06
Billets
We are using cookies to provide you with a better browsing experience Read our policy.