Deconfinement: we are delighted to announce that Les Jardins d’Étretat are open again, every day from 10 am to 7 pm. Mask required to enter.
Back

Forbes. Brazil

2019-12-09

5 coisas que você precisa fazer ao visitar Etretat, na Normandia

  • Comuna costeira de Etretat, na Normandia, fica a apenas duas horas do centro urbano de Paris;
  • Região foi motivo das telas de famosos pintores impressionistas como Claude Monet;
  • Hotel boutique recém-inaugurado oferece luxo, sofisticação e privacidade;
  • Região é conhecida pela culinária abundante em frutos do mar.

Etretat, uma comuna costeira aglomerada ao longo de uma extensa praia de pequenas pedras, marcada por magníficas falésias brancas que projetam a região da água, a apenas duas horas de carro de Paris, tem sido o local ideal para desesperados por cidades com ar fresco do mar e céu aberto. E com a adição de um novo hotel boutique, há ainda mais razões para colocar essa pequena região em seu radar ao planejar uma viagem para a Normandia.

As imponentes falésias brancas de Etretat esculpidas pelo vento e pela água são cenários perfeitos para fotos. Porte d’Aval Arch e L’Aiguille, inclusive, foram colocadas no mapa pelos renomados artistas impressionistas Gustave Courbet e Claude Monet, que eram fascinados por beleza natural. “Etretat tem se tornando cada vez mais incrível. A área costeiras repleta de barcos; é tudo lindo, e estou enfurecido por não poder mais registrar tudo isso. Eu precisaria de duas mãos e centenas de telas”, disse Monet.

Localizada na Normandia, no noroeste da França, Etretat é conhecida por suas águas turvas e céus escuros, longas caminhadas e restaurantes de frutos do mar. Em termos de lugares para ficar, existem algumas opções, mas Les Tilleuls, inaugurado no último verão do hemisfério norte, é o melhor hotel boutique de luxo da cidade, capaz de transformar a experiência em um verdadeiro refúgio de sofisticação.

Falésias e praias cinematográficas de Etretat

O local mais cobiçado de Etretat é, obviamente, o de magníficos penhascos de giz branco, que oferecem vistas estonteantes ao longo do caminho que se estende por todo o topo rochoso por impressionantes 128 quilômetros (também chamado Chemin des douaniers, que costumava ser a rota percorrida pelos funcionários que prestavam serviços administrativos de alfândega a cavalo). Os ventos são intensos lá em cima, então não deixe de se proteger do frio — um quebra-vento é sempre bem-vindo.

Visita a Honfleur

Embora haja muito a aproveitar em Etretat, como sua pequena cidade com magníficos chalés de pedra e madeira que repentinamente levam o visitante séculos atrás, uma alternativa de passeio não muito distante é a bela cidade portuária de Honfleur a 45 minutos da comuna de Etretat.

Eu não recomendaria a hospedagem em Honfleur, já que costuma ser surpreendida por turistas que vêm admirar seu porto, repleto de iates e barcos de lazer, e com crepe ou batatas fritas com mexilhões em restaurantes para turistas ao longo da costa.

Afaste-se do frenesi do Vieu Bassin e passe uma tarde a caminhar pelas ruas sinuosas de paralelepípedos como a Rue Brûlée e a Rue Haute que datam de séculos atrás.

A cidade foi ocupada pela primeira vez pelos vikings no século 9 e mais tarde se tornou um porto importante de comércio entre a França e a Inglaterra. No século 19, Honfleur era popular entre artistas como Monet, que exploravam grande parte da Normandia, pela luz única na região e pela paz a poucos minutos da cidade – esta última ainda hoje um grande atrativo.

Experimente a vida campestre

Quando um parisiense diz que vai para a Normandia no fim de semana, normalmente significa que eles estão indo para sua casa de campo — geralmente um grande e belo chalé de madeira e pedras, com vistas para o mar e gramados bem cuidados — para apreciar a simplicidade e, em minha humilde opinião, as melhores coisas da vida: ostras e longas caminhadas à beira-mar. Se, no entanto, você não tiver a sorte de ter seu próprio lugar para passar o fim de semana, o Les Tilleuls é a melhor aposta.

Inaugurada em junho passado pela filha de uma família belga detentora de vários hotéis e restaurantes, Camille Gersdorff assumiu esta requintada construção do século 18 com decoração de uma mansão familiar e a transformou em um santuário rural capaz de conquistar até os mais fervorosos por ambientes urbanos.

Uma imagem perfeita da vida francesa no campo – e isso inclui Tilia, a simpática golden retriever da propriedade — Les Tilleuls é o tipo de lugar em que você se sente em casa assim que entra no corredor quadriculado em preto e branco e avista o salão da biblioteca com o fogo estalando na lareira.

Repleta de tábuas barulhentas, móveis antigos e espaços para leitura, a sala no andar de cima conta ainda com um assento suspenso de frente para a janela, para que você possa apreciar as vistas da cidade e dos jardins Etretat. O ambiente também funciona como um estúdio de ioga durante todo o ano.

Os cinco quartos são claros e arejados, pintados em tons suaves de verdes campestres e azul centáurea, e incluem enormes camas e janelas que dão para o jardim. A suíte ‘presidencial’, onde a famosa atriz francesa Jérémie Renier se hospedou enquanto esteve na cidade, oferece um sofá Chesterfield e uma cômoda Louis 16 com toillete independente e itens dos anos 1930, que conferem ao espaço o ar de grandeza da época de 1700.

A ceia, repleta de produtos saudáveis sazonais, produzidos pelo chef da casa, é servida sob o calor do fogo da lareira na biblioteca ou na sala de estar e deve ser agendada com antecedência. Nos dias frios, o café da manhã é servido na área de jantar da cozinha, onde os hóspedes se sentam em uma grande mesa de madeira ao lado de uma lareira de pedra, e no jardim nos meses mais quentes, enquanto o chef canadense Cory, oferece tigelas de açaí e smoothies para dar energia. Para quem gosta de pratos franceses existem as opções de croissants e pães de chocolate, baguete crocante e geléias caseiras.

Les Tilleuls é o local perfeito para se aquecer no frio e colocar em dia algumas leituras, escritas e até filmes — a propriedade oferece um cinema privado no porão em formato de abóbada, equipado com som surround de última geração. No entanto, se você conseguir sair no frio por uma ou duas horas, também há muito o que explorar lá fora.

Festa dos frutos do mar frescos no Marie Antoinette

Nenhuma experiência da Normandia estaria completa sem frutos do mar. E enquanto você pode encontrar uma variedade de restaurantes, cada um prometendo as melhores delícias em frutos do mar, Marie Antoinette está muito à frente do restante.

As especialidades incluem pratos de frutos do mar repletos de caranguejo e lagosta, além de camarões e ostras, mas também existem outras opções (incluindo excelentes pratos de carne). O ambiente é aconchegante e o serviço é inigualável. Certifique-se de reservar com antecedência para evitar decepções, pois geralmente há uma lista de espera, especialmente aos finais de semana e feriados.

Forbes. USA
2019-12-03
Aeroflot Style. Russia
2020-01-01
Tickets
We are using cookies to provide you with a better browsing experience Read our policy.